Rio Branco com praias, ariranhas, mexilhões e a Ponte dos Macuxi

Share This:

Com o Rio Branco seco, é possível ver os mexilhões ainda vivos ou somente as conchas, como nesta foto
Com o Rio Branco seco, é possível ver os mexilhões ainda vivos ou somente as conchas, como nesta foto

Passear pelas praias do Rio Branco pode render bons momentos de contemplação à natureza sem se afastar da cidade. Como o rio está seco devido à forte estiagem, as opções de praias são variadas, inclusive pode-se observar os 1.100 metros da Ponte dos Macuxi bem debaixo da imensa estrutura que é um dos cartões postais de Boa Vista e com a Serra Grande ao fundo.

Contratar um barco é uma opção, porém os mais dispostos, pagando R$10,00 por hora pelo aluguel do caiaque, no Porto do Babazinho, podem desfrutar de um passeio com aventura, remando até a ponte. Em poucos minutos de remada, a pessoa passa pela Orla Taumanan, um dos pontos turísticos localizado exatamente no Berço Histórico de Boa Vista, e chega à ponte, que liga a Capital roraimense ao Município do Cantá, pela BR-401, a qual dá acesso à Guiana.

O passeio descendo é tranquilo, a favor da correnteza e do vento. Por isso a volta vai exigir um pouco mais de esforço para remar contra a correnteza e, dependendo do tempo, contra um vento que sopra forte em dias quentes de verão. E tem ainda o sol que não alivia ninguém. Água para hidratar e um bom protetor solar são essenciais. Mas não dá meia hora de remada de volta, parando para descansar.

rio 40Durante o trajeto do passeio, a pessoa vai se deparar com vários pássaros que passeiam pela imensa praia atrás de alimentos. Alguns não são tão ariscos e permitem uma aproximação ainda que de certa distância. Vez por outra, pode surgir um pequeno grupo de ariranhas que transitam pelas ilhas (o site Roraima de Fato teve a sorte de registrar três delas em frente ao Porto do Babazinho).

Fazer vídeo de celular é difícil, mas dá para notar as ariranhas

Na praia, além da imensa areia que permite ver a cidade de Boa Vista, neste período do ano pode-se encontrar uma grande quantidade de mexilhões que, ao se moverem quando “brotam” da areia, fazem riscos na praia como se estivessem desenhando obras de arte.

E isso é um bom sinal: mexilhões são a garantia de que a água está de boa qualidade. Afinal, esses moluscos ajudam a filtrar a água, por isso não sobrevivem onde há poluição.

No mais, quem for a este passeio é só aproveitar o visual com vento na cara e um imenso rio de águas límpidas para se refrescar a hora que quiser. E não há desculpa de que fica longe, porque o Rio Branco está praticamente dentro da cidade. Boa diversão e boas fotos.

Compartilhe este post:
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print